sexta-feira, 31 de julho de 2009

Sonho ou torta de chocolate, tanto faz!

Há sonhos que esqueço e, assim, me devoram
E eu sou todo esquecimento
Há esquecimentos que me devoram, daí sou só sonho
Só, sonho que sou só esquecimento,
Aí devoro-te